A 5ª edição da Feira da Moda Íntima Ceará acontece em agosto de 2012

O Ceará maior fabricante de lingerie do pais terá seu 5ª evento direcionado ao setor de lingerie e praia nos dias 15, 16 e 17 de Agosto.
 Esperado por todos revendedores, lojistas, representante e profissionais de moda do Brasil um dos maiores eventos de lingerie terá a organização da New Stage Eventos.

Local do evento:
Centro de Eventos do Ceará







Exibir mapa ampliado

Coitadas das lingeries na cor bege

Acho que o ódio pela cor das lingeries bege desta vez, vem mesmo das mulheres, os homens não tem nada com isso.

Agora quantos as cuecas,essas ai com certeza ninguém merece.
Mas tem mulheres que gostam do estilo Bad Boy, só é questão de gosto.


Assista agora esse segundo vídeo PROVANDO que essa coisa de não gostar de lingerie bege não existe como já foi falado aqui no blog algumas vezes. Isso deve ser mesmo coisa de vocês mulheres que ao vestir uma peça bege  ao se ver no espelho por algum motivo ou outro não deve se sentir bem. Mas dizer que homens não gostam de bege. NÃO  EXISTE. 





Não deixe de ver essa postagem sobre lingerie bege aquiaqui e veja essas FOTOS.
Valeu concordamos em grau, gênero e número. 

A história do Burlesco suas lindas mulheres e lingerie

Um  strip-tease  inocente o Burlesco ganhava seu espaço e se faz presente até os dias de hoje, com lindas mulheres e lingeries a história de décadas é passada de maneira sensual, engraçada e misteriosa. Exitem cursos para a dança em que mulheres procuram tanto profissionalmente como para performance particular.  



Assista o vídeo com uma performance e curiosidades para os espetáculos Burlesco.


 A HISTÓRIA DO BURLESCO


O começo: Grã-Betanha
O burlesco em sua tem suas origens nos music halls da Grã-Bretanha do século 19, onde o termo se referia ao entretenimento teatral de uma forma cômica de se curvar. Começou em 1840, as sátiras de comédia burlesca entretinham as baixas e médias classes fazendo graça (ou “burlescando”) de óperas, peças e hábitos sociais das classes mais altas. Em 1860, mulheres nuas e com belas formas foram inseridas para manter a audiência interessada. Na idade Vitoriana, onde mulheres direitas optavam por grandes comprimentos de roupa para esconder seus físicos debaixo de babados, a idéia de moças aparecendo no palco em apertadas prendas foi uma grande emoção.

1860: exportado à América
A britânica Lydia Thompson foi a primeira estrela burlesca e foi fundamental na exportação do estilo à América. Em 1860 sua troupe burlesca – As British Blondes, ou “loiras britânicas – se tornou na maior atração teatral de New York. Seu primeiro hit foi Ixion, uma paródia mitológica que continha mulheres em colãs reveladores fazendo papel de homem. Mulheres nuas interpretando agressores sexuais, combinando grandes figurinos com uma comédia insolente – numa produção, imagine vocês, escrita e dirigida por uma mulher, impensável!
Lydia Thompson
 
Explosão burlesca


O sucesso de Lydia lançou uma explosão burlesca. Mabel Saintley se tornou a primeira estrela americana nativa. A partir de essa data, o burlesco foi uma mistura de ator de comédia masculino com uma perna de mulher à mostra com música e dança. Era bem monótono comparado com a atualidade – mas um pouco de perna naquela época levava a audiência à loucura. Na França eles tinham seus próprios métodos no qual o cancan e os espetaculares music halls como o Folies Bergére e o Moulin Rouge.


Começo do século 20
Na primeira metade do século 20 os shows burlescos floresceram nos dois lados do Atlântico. Na América, editoriais e sermões condenando o burlesco como “indecente” só tornou o estilo mais popular e os teatros burlescos estouraram através dos EUA. A maior estrela burlesca do século 20 foi Millie DeLeon, uma atrativa morena que atirava suas ligas para a audiência e ocasionalmente abandonava o uso de colas. Tantas travessuras a deixaram presa em algumas ocasiões, que ajudaram a dar ao burlesco uma reputação obscena. A partir disso, dançarinas de burlesco eram como a versão vitoriana de mulheres de jogadores de futebol. Fora dos palcos, elas tinham uma presença ornamental, provocando socialites bem-nascidas e até a realeza, desse modo transgredindo sua origem de classe operária. Adornadas de maneira supérflua eram a arma perfeita para escritores como Jean Cocteau e Oscar Wilde.

O nascimento do strip-tease
Em 1920, filme e rádio estavam caindo na popularidade burlesca. Então o strip-tease foi introduzido como uma oferta desesperada que de alguma forma, o filme e o rádio não podiam fazer. De fato, o strip-tease esteve aí desde o final do século anterior. Então, promotoras do burlesco tiraram o strip do baú e o puseram nos palcos. As stripers tinham uma fina linha entre titilação e decência, que podiam colocá-las na prisão por corromper a moral pública. Logo, as stripers foram denominadas burlescas, e sua rotina se tornou crescentemente explícita. Para evitar a nudez total, mas ainda dando à audiência o que ela queria, as moças tapavam as virilhas com cordas frágeis e algo para tapar os mamilos. Isso era suficientemente o bastante para evitar o ataque da polícia. Mas agora os homens iam aos shows burlescos para ver mulheres fazendo strip. A comédia não era mais a atração chave. Quanto mais as garotas tiravam, mais a audiência gostava. Numa época onde o medo por um escândalo pessoal e doenças sexuais eram preocupantes, o burlesco estava relativamente a salvo. Estrelas dessa era eram a dançarinas Sally Rand e Gypsy Rose Lee.
Sally Rand
 
Década de 20: a repressão
Enquanto a popularidade do burlesco aumentava, também acontecia o mesmo com as criticas. Na metade da década de 20, a depressão da América começava. Empresários burlescos contavam com seus advogados, que sempre vinham com brechas legais por mais de uma década.

Garotas nuas em Londres
No começo de 1930, Laura Henderson abriu um pequeno teatro em Londres, o Windmill. Ali, ela lançou um initerrupto show de variedades com cantoras, dançarinas, showgirls, e números especiais. Logo, virou um sucesso. Mas quando Laura decidiu imitar o bem-sucedido Moulin Rouge e colocar garotas nuas no palco, o negócio explodiu. Ali foram concedidos suntuosos shows com temas de nu com temas como sereias, índias, etc. Garotas Nuas chegou à Grã-Bretanha e o teatro havia se tornado mundialmente famoso. A maioria dos clientes do teatro Windmill eram famílias, tropas de guerra assim como celebridades, que vinham como convidados de Laura, incluindo a princesa Helena Victoria e Marie Louise (a filha e a neta da rainha Vitória). Elas seriam o ocasional problema com clientes masculinos, mas a segurança estava sempre ali para olhar por comportamentos impróprios. A história desse famoso clube foi imortalizado no filme Mrs. Henderson Presents, com Judi Dench e Bob Hoskins.
O teatro Windmill e suas Naked Girls
 
Cena do filme Mr. Handerson Apresenta


1940
Foi a década das pinups. Hollywood estava emergindo em uma imagem sexy e glamorosa que devia muito ao burlesco, com mulheres de chapéu esparsos, malhas e colãs de arrastão, dançarinas de fan (leque de penas), garotas cancan e uma multidão de saltos altíssimos. Com isso vieram as sereias sexys do cinema como Betty Grable (que na época fez um seguro de um milhão de dólares para duas pernas). Apesar da depressão dos EUA, as revistas masculinas com títulos como Peep Show, Eyeful e Cavalcade of Burlesque continuaram a manter o burlesco vivo. Clubes noturnoscontrataram estrelas para dançar em seus clubes e uma nova forma de burlesco em clubes havia emergido. A maiores estrelas burlescas americanas como Gypsy Rose Lee, Sally Rand e Georgie Sothern formavam suas próprias companhias e faziam tournês pelo país com suas showgirls e levou o estilo de dança hollywoodiano às massas. Novas dançarinas surgiram com figurinos e coreografias mais elaborados. Tal como Lili ST.Cxyr, que impressionou audiências com seu banho de espumas no palco, e Evangeline, a Garota Ostra.

1950
Essa década foi o ponto máximo do glamour em Hollywood. A forma feminina era celebrada na grande tela como nunca antes. Seios voluptuosos e grandes quadris eram a coisa. O corset teve um retorno dramático. Com Marilyn Monroe em cena, sua mistura de comédia com “tiração” de onda deve muito ao velho estilo burlesco.
E no cenário burlesco mundial, Monroe tinha até seu próprio imitador – Dixie Evans – quemostrou muito mais do que Marilyn mostrava enquanto dançava com Joe di Maggio (marido de Marilyn) fictício. Também foi a década de Bettie Page, uma garota pinup que estrelou em inúmeros filmes burlescos – Striporama (1953), Varietease (1954), e Teaserama (1955).

1960
Pornografia explícita se tornou facilmente disponível e o homem não mais precisava de stripers para alimentar suas fantasias. Os poucos shows burlescos restantes tinham um pornô leve. A era do amor livre e nudez deixou a arte do strip-tease redundante e fora de moda. No burlesco começou um leve e longo declínio.

1970 a 1990
Em um mundo onde o sexo está por toda parte, o burlesco ficou totalmente extinto. Na América, somente Las Vegas manteve o glamour vivo com suas exóticas showgirls tipicamente em topless adornadas com plumas, lantejoulas e arrastões. Na Europa o Mouling Rouge se tornou a atração principal, embora sua programação era geralmente para música disco (quem diria!!)

O renascimento
Na metade dos anos 90, uma nova geração nostálgica pelo espetáculo e glamour dos velhos tempos nasceu, e foi com o retrocesso contra o “já-vi-tudo” da pornografia, que renasceu a ate da provocação. Agora com os clubes burlescos surgindo de todas as partes do globo e Dita Von Teese se tornando a primeira super-estrela do gênero, o burlesco está de volta! Vida longa ao burlesco!
Dita Von Teese

Estilo e propaganda de lingerie no Brasil


Como todos devem saber nosso estilo de publicidade para marcas de lingeries ainda é leve, nada de levar ao apelo (se pode falar assim, acho até demais.) de explorar a parte sedutora das mulheres. Nossas propagandas de lingeries mais parece uma filme ou álbum de fotografias de adolecentes que constantemente são colocado em várias redes sociais mostrando simplesmente cores e corpos de lindas garotas. A lingerie é muito mais que isso e sua publicidade deve ser também, ela tem sim seu apelo sexual e deve mostrar o lado da sedução. Já ouvi até comentário que as donas de casa compram suas peças íntima pensando em ter o corpo igual ao da modelo que estar na propaganda, isso é absolutamente uma forma errada de pensar, de achar que as senhoras ou outras mulheres querem ter o corpo igual ao de alguém, elas precisam ser estimuladas a atender seus desejos, a se sentirem jovens e buscarem seus prazeres com uma bela lingerie. Acho que um ângulo de camera, um olhar, um ventos nos cabelos, uma posição um pouco mais provocante tudo pode fazer um conjunto para esse resultado. O Brasil estar sendo um bom mercado para lingerie e estamos com várias marcas estrangeiras baixando por aqui no qual sabem muito bem explorar esse tipo de publicidade com belíssimas propaganda. Acho que estar na hora de nossa publicidade levantar as mangas e dar uma estilo novo a nossas publicidades.
Uma grande marca de lingerie já faz isso aqui no Brasil a mais de 20 anos e muito bem.

Mulheres de lingerie são lindas em qualquer idade

Mulheres são lindas por natureza, de lingerie nem se fala.

A questão da idade é simples detalhe se comparada com a beleza feminina, as conquistas vindas com a maturidade e o respeito conquistado. A sedução deve acompanhar sempre as mulheres em qualquer idade, a felicidade deve sim acompanha-la em todos os momentos.
Mulheres mais maduras, senhoras não deixe de ver esses depoimentos, são emocionantes e parabéns para todas elas.

A marca Thays e Thamires começa com tudo em 2012

As lojas Thays e Thamires com condições especiais no início de 2012 confira os contatos:

Loja da fábrica: (85) 3485.6648 - 3237.8911
Maraponga Mart Moda: (85) 3495.2722
Shopping Polo Mix: (85)3032.5425
North Shopping: (85) 3287.1115
 
Acesse: O site da Fábrica ou nossa Nossa loja virtual

Lingerie e Strip tease



Mulher, lingerie e Strip tease o mundo realmente se rendem a vocês.
Veja esse passo a passo.
Não esqueça de usar a sigla (CC) e selecione o idioma português na legenda.


TDB tecidos

Uma das maiores indústria têxtil do Brasil, a TDB TECIDOS lança sua coleção para lingerie 2013.
Acesse o site TDB TECIDOS - É TUDO DE BOM

Fantasias Cimmara Moda Íntima


A marca oferece uma linha de lingerie exclusiva para apimentar seus momentos íntimos.
 Veja outras fantasias que você pode encontrar nas lojas Cimmara Moda Íntima.

Uma linha completa de lingerie pronta para você ter sucesso nas vendas de sua loja, as peças com a marca Cimmara tem uma excelente qualidade e suas modelagens prezam o conforto, tecidos e aviamentos selecionados fazem das lingeries da Cimmara moda Íntima uma das melhores do Brasil.
 A empresa está sempre lançando novos modelos, o que torna um ponto forte para os revendedores.
Ligue para maiores informações:  (88) 3511.5701 ou acesse o site www.cimmara.com.br
Nosso setor de vendas estar pronto a lhe atender. 

Vintage o melhor estilo da Lingerie


Vintage com certeza é o estilo de lingerie em que mais valoriza as curvas femininas.

Apresentação da nova logomarca

Maior personalização impossível, a logomarca do Lingerie of Ceará com um design novo.


Com um design super moderno a logomarca tem o objetivo de se torna marcante para todos que buscam o Ceará com o foco no setor de lingerie, assim como reconhecer a qualidade do trabalho de todos os cearense s que se dedicam ao máximo em tudo o que faz.
 A JANGADA no qual nossa logo foi desenvolvida, faz parte da história  e da cultura do povo. Mostrar que nossa lingerie é 100% cearense,(em criações e estilo que é notadamente destacada no mercado nacional) assim  como a Jangada mostra  a bravura e a garra do nosso povo. 


Cores que vão deixar você mais atraente - lingerie Cimmara Moda Íntima


COLOR BLOCK a última tendência em moda a Cimmara mostra uma coleção com a cara da nova estação. 
Entre em contato pelos telefones (088) 3511.5701- 3511.0101
ou na nossa página de contato no Blog da Cimmara.
Nosso site: Cimmara
Ótimas condições e entrega para todo Brasil. 

Revendedores


O Conforto, a qualidade, e os modelos das lingeries são fundamentais para uma boa aprovação no mercado.
As lingeries fabricadas no Ceará além de ter um padrão de satisfação de 100% entre mulheres, conta com todos os profissionais do setor de envolvidos em lhe oferecer um produto exclusivo com a maior qualidade. ESSA É A DIFERENÇA.
Srs. Revendedores de lingerie do Ceará, São Paulo, Rio de Janeiro, Manaus, Santa Catarina, Mato Grosso e demais estados do Nordeste e do Brasil. Pelo Lingerie of Ceará você tem acesso as melhores fábricas de lingerie cearense de forma fácil e direta. Nosso conteúdo voltado para lhe informar tendências, matérias e estudos que você possa usar com seu clientes na hora de venda e muito mais.
Tudo o que se passa pelo universo da lingerie você ler aqui.

REVENDEDORES ADQUIRA AS MARCAS CEARENSES PARA AUMENTAR AS VENDAS NA SUA LOJA.




D'lannay Moda Íntima


Melhor qualidade impossível, a empresa de lingerie do Ceará, D'lannay Moda Íntima é conhecida por todas as mulheres, clientes, revendedores de lingerie pela qualidade no acabamento, e por trabalhar com os melhores tecidos e aviamentos do mercado, proporcionando maior conforto ao vestir. A D’lannay estar sempre lançando novo modelos de acordo com tendências, deixando um leque em sua coleção de modelos e cores. Comprando lingerie da marca D'lannay você se torna uma mulher mais confiante com seu corpo, pois as peças se moldam de forma excelente.
Rua Carneiro de Mendonça, 1937
Jockey Clube - Fortaleza Ceará
Telefone: 85 3290.6580
Visite D´lannay Moda Íntima nas redes sociais e receba contato. 





Calcinhas e sua parte na lingerie

Conforto, praticidade, sensualidade e muito mais são exigidos dos modelos de calcinhas.
A lingerie cada vez mais na moda acompanha a mulher desde sua criação.
Novas dicas importantes com Gustavo Sarti.

Gentileza

Não esquecer que somos profissionais, mas lembrar que somos humanos.

.

Salon International de la Lingerie



Dias esperados por todo o mercado da lingerie mundial. Salon Internacional de la Lingerie que será realizado nos dias 21, 22, 23 de janeiro veja aqui lista de expositores do grande evento.

Como dobra uma cueca e calcinha

Aprenda a dobrar e guardar cuecas e calcinhas

Grandes dicas pra você organizar e ter melhor resultado do seu tempo

Nosso setor de lingerie cada vez mais sufocante por causa da concorrência, dos prazos de entrega, pagamentos, problemas de produção, etc, assim como em vários setores o tempo é cada vez menor. Como se sabe tudo toma tempo ou tudo é tempo? O certo é que temos que estar preparado para priorizar o que é de mais importante é fundamental. O tempo realmente é nosso grande aliado ou nosso grande inimigo conforme a necessidade e o momento. O mais interessante é fazer do tempo um grande amigo e saber como organiza-lo é primordial para se colher melhores resultados no trabalho e vida social.
A colocação de prioridades do tempo é diferenciada para cada estilo de vida, como por exemplo, um empresário que além da vida pessoal, tem uma grande tarefa diária de conciliar funcionários e afazeres de suas empresas e direcionar sua atenção e dar tempo para cada assunto é essencial. Muitas vezes se perde de participar de uma boa festa em família por motivo de uma reunião de negócio. Como também se perde uma boa promoção de um fornecedor ou de se ouvir uma dica comercial de funcionários ou clientes por motivo familiares ou até mesmo por algum assunto mais urgente dentro da própria empresa.
A forma de organizar todo o tempo realmente é a chave para um bom sucesso na organização de ideias, fazer isso torna a vida no trabalho e no social mais prazerosa e com melhores resultados.
Mario Persona resume de forma simples como organizar o tempo com algumas dicas prática, que com certeza vai diferenciar muito sua qualidade na vida pessoal e profissional.

Um segundo vídeo interessante é um entrevista, onde colocamos aqui apenas a 3ª parte de 3, se você quiser assistir a matéria completa aqui estar a 1ª Parte e 2ª Parte do Prof. Fernando Serra